Piloto de avião que levava Marília Mendonça é velado em Brasília.

- 5:46 AM


 


Velório de Geraldo Medeiros Júnior, de 56 anos, piloto de avião que levava Marília Mendonça — Foto: TV Globo/Reprodução



O corpo de Geraldo Medeiros Júnior, de 56 anos, piloto do avião que levava a cantora Marília Mendonça e caiu, na sexta-feira (5), em Minas Gerais, foi velado na manhã deste domingo (7), em Brasília. Todos os cinco ocupantes da aeronave morreram (veja mais abaixo).


Nascido em Floriano, no Piauí, Geraldo morava no Distrito Federal há 30 anos e deixa mulher e três filhos. A ex-esposa dele, Euda Dias, de 44 anos, disse que os dois ainda eram muito amigos. "Ele merece toda homenagem do mundo. Era uma pessoa fantástica."



O plano inicial da família era cremar o corpo e levar as cinzas à cidade natal do piloto. No entanto, segundo Euda, os planos mudaram e ele será enterrado no cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul.


"Não vai ser mais cremado porque a burocracia está muito grande. A gente tinha essa intenção pra guardar as cinzas em Floriano, com o pai dele. Mas não vai ser mais, vai ser enterrado aqui no Campo da Esperança, aqui pertinho. E vai ser assim. Mudança de planos", afirmou.


Ainda de acordo com a ex-mulher, Geraldo era apaixonado pelo trabalho. "Largava qualquer coisa para fazer um voo. De tão bom que ele era, trazia aviões pra serem homologados aqui."




O copiloto do avião, Tarciso Pessoa Viana, 37 anos, que também vivia no DF, será velado na capital neste domingo.




Piloto Geraldo Medeiros Jr. e a filha mais velha, Vitória Medeiros, de 19 anos — Foto: Rede social /Reprodução



Via:G1

Advertisement